Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Era Ela (cont.10)

por Caravaggio, em 20.05.09

 

 

PIPI tinha vários sonhos para garantir o seu futuro: fazer uma cultura de cenouras biológicas. Foi ao BPN e pediu um Micró Crédito mas só lhe garantiram um Micro Ondas. Com o dinheiro da venda do micro ondas comprou uma capa e batina, uma pandeireta com fitas, um cavaquinho e umas botas de montar com esporas.

Fugiu de casa durante a noite e  matriculou-se nas Novas Oportunidades, no Simplex e na DREN. Devido ao seu altissimo QI não lhe foi distribuido computador mas a permissão de usar capa e batina deste o primeiro dia, com a condição de ser praxada. Para PIPI ser praxada era como se fosse a um Baile de Debutantes, só que não tinha Pai para ser apresentada de braço dado, mas pediu a um Seguritas que lá fez a vez, com óculos escuros e as orelhas cheias de MP3. Praxava de manhã à tarde e à noite e teve a honra de praxar com o Digníssimo Reitor.

Curso de Agricultura tirado, não tinha capital para comprar um terreno com sistema de rega por aspressão. Vendeu as botas de montar ao Presidente da Junta, que deu para comprar 1,5 mt. de terreno, pôs a cabeça a funcionar no terreno e daí nasce a 1ª cenoura.

Hoje é uma das maiores exportadora de cenouras da Peninsula Ibérica, tendo sempre a Praxe e o  Micro Ondas como simbolos de todos os produtos químicos que aplicava nas suas plantações, mas teve a inteligencia de  as plantar em zona de Micro-Clima.

Ficou conhecida como a PIPI DAS CENOURAS ALTAS, era Capa de Revista, fazia lipó-aspirações, cruzeiros e Embaixadora da Rolex, tudo à borla. PIPI casou com um vendedor de MELÕES, que tinha uma tenda de venda a retalho na estrada de Almeirim. Ao fim de um ano PIPI deu-lhe com a pandeireta, e pirou-se com um Agente da Asae que lhe cheirava os químicos das CENOURAS BIOLÒGICAS.       (continua)

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:32


1 comentário

De Caravaggio a 15.07.2015 às 16:44

Porra tanta vergonha. Maliciosas!!!!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D





Posts mais comentados