Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




AVÓ ALZIRA

por Caravaggio, em 15.05.10

A minha Avó Zirinha, que é uma querida, já está a fazer uma

camisola de gola alta, para me oferecer no meu aniversário.

Sabe que sou alérgico a este tipo de lãs, mas como é para usar 2 ou 3 minutos, não faz mal.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:48


42 comentários

De A Joana a 15.05.2010 às 23:16

Eu cá não facilitava! Vai que aguenta mais de que 2/3 minutos e te dá uma ataque de alergia ou asma!!!?!?E se sofocas em pleno ataque?!Pensa nisso. se eu fosse a ti, pedinchava à senhora tua avó outro tipo de material.

Beijos maquiavélicos

De Caravaggio a 15.05.2010 às 23:47

Minha Beijóka Maquiavelica Boxexinhas . Eu já vi em enforcado, mas mesmo já com a língua de fora e o azar dele foi ter ficado com os pés a 10 cm do chão. Mas teve o cuidado de ter tirado o casaco, posto no chão e dentro do boné um papel com um nr . de telefone. Foi das coisas mais bonitas que vi na minha vida. Sabes, parecia a Aurora Boreal.
Já tinha visto outra tentativa, o Filipe, mas esse usou uma corda podre para partir a meio do caminho. Só partiu os dentes numa cadeira. Um dos meus melhores amigos enforcou-se, fui lá para ver, e como a casa tem 2 pisos cá em baixo tinha um letreiro que dizia: NÃO SUBAM e uma carta com vários pedidos. Como vês com esta experiencia não me vai custar nada. Pedir outro material à minha Avó é arriscado, porque já está muito gasto e fico a meio como o outro. Minha Peres de Calatrava um grande Beijo para ti.

De A Joana a 16.05.2010 às 14:31

:)))
As tuas vivências fascinam-me!!
Tens requintes de malvadez é o que é.

Beijos luzidios em ti.
Bom domingo

De Caravaggio a 16.05.2010 às 18:03

Lá que as minhas vivências te fascinem é uma coisa.
 
 
Quanto aos requintes de malvadez, levava-te 6 dias aos Jardins do Eden (o verdadeiro), passavamos 6 dias na Estufa das Margaridas da Morte e, despois se ainda tivesses forças, dizias-me o que são requintes de malvadez.
 
 
Se não gostasses, metias-te no Metro e ias ao cinema comer pipócas.

De A Joana a 17.05.2010 às 02:15

ui ui ui

Isso parece-me uma visão muito aprazível!
Numa breve pesquiza, não encontrei o caminho para essa estufa....
Será mesmo verdadeiro esse Jardim!?
 
Cá pra mim, esses requintes de malvadez não passam de contos fantásticos.
Vou masé ao cinema emborcar pipocas, que pelo menos é uma coisa que me preenche bem.
 
Beijos lambuzados. e boa semana...

 
 

De Caravaggio a 17.05.2010 às 11:37

Minha Labandisca. O Jardim claro que é verdadeiro, quanto à estufa das Margaridas só eu é que sei onde é, mas levo-te lá.


Quanto aos beijos lambuzados, podes dar os que quiseres, desde que antes não tenhas comido favas ou arroz docê.


Beijo, mais a fugir para aquele peixe que agora não me recordo do nome e, boa semana para ti também.

De A Joana a 18.05.2010 às 02:29

:)))

Vais-me dar um beijo a saber a peixe!?!?
Eh pah...com franqueza. Tanto nome bonito,tanta elegência, tanta leveza na escrita...ah e tal anda aqui para a estufa, para depois isto?
Não te dou o arroz doce, mas não te livras de uma mousse de chocolate branco com côco que é para te pores fino.ah pois...

(És do piorio. Viciada na tua insane escrita!:) )

Beijoca

 

De Caravaggio a 18.05.2010 às 14:06

Minha Doce Persefone , compreendeste mal. Eu não disse que te ia dar um ou mais beijos a "saber a peixe", disse-te que te ia dar um beijo QUE TEM O NOME DE UM PEIXE, que agora não me lembro, mas sei que é um peixe que é mimetistico e tem a bexiga natatória acima do lombo. Nada junto da areia. O estranho é eu não me lembrar do nome. Sabes, são os 3500 anos que nos separam, mas quando estiver contigo, antes que digas qualquer palavra, agarro-te, beijo-te e, vais ser tu a lembras-me o nome do peixe, se conseguires respirar. Tens razão , eu sou do piorio, mas sou do piorio bom. Sou como o colesterol , há o bom e o mau.
 
 
É tão bom seres viciada em mim, mesmo que sejas só pela escrita. Eu só pela escrita, já estive muitas vezes perto do Paraiso.
 
 
Uma traineira cheia daqueles peixes para ti.....e não sejas Alforreca. És mais bonita quando não sabes onde está o Polo Norte!! Até logo magnética.

De A Joana a 19.05.2010 às 00:19

Ora bem....
Começam-me a faltar palavras!Isso não é bom, nada bom mesmo.
Tu és de facto um "colestrol" muito bom, daquele que não prejudica e que eu não me importo de ter.
Peço desculpa pelo mal entendido....Fiquei meio perdida, é verdade. Mas assim que reli, percebi a que peixe te referias!

Não serei Alforreca, mas serei electrizante pode ser!?lol :)))

beijos


 

De Caravaggio a 19.05.2010 às 00:50

Boxexinha </a>Linda, não te aflijas que mesmo sendo mau, estou sempre aqui a teu lado, não pra te dar uma mão, mas o meu esqueleto todo recheado com alguma carne. Se fores electrizante  não passes da trifásica. Váis sentares-te , por exemplo, no meu colo para calçares um sapato e, eu ficar todo churrascado como se estivesse na cadeira eléctrica?  Meu Bem Mequer </a> , não me queiras mal. Eu são tão doçinho!! Beijo para nanares bem e acordares melhor, porque? Porque sonhaste comigo. Não é nada demais.

De A Joana a 19.05.2010 às 01:15

Tudo bem meu Fantástico!
Farei isso por ti. Não serei muito electrizante...só um bocadinho. Daquele tipo de choques que se administram nos músculos para exercitá-los. Parece-te melhor assim?
Bem, vou dormir sobre as teus devaneios.
Até já...


 

De Caravaggio a 19.05.2010 às 01:42

Sabes uma coisa Joana, eu não tenho devaneios. Tenho desvios espirituais tão simples, iguais às aldrabices das cartas de Fernão Mendes Pinto e, não preciso de choques para exercitar os músculos necessários. Os meus músculos reagem ao cheiro da pele, menos ao sovaco com desodorizante por cima., às vezes um desfibrilador faz bem. Dorme bem e, depois de dormires sobre os meus devaneios, conta-me como foi. Eu normalmente acordo no melhor da alucinação....que chatice. Até já Beijo.

De A Joana a 19.05.2010 às 01:58

Autch!Agora meu pobre coração é que precisava de um desfibrilador...
Não estava a insinuar que precisavas de nenhum tipo de choque ou estímulo..Era apenas uma comparação parva... ...

Dorme bem, sonhos tranquilos
beijoca doce

De Caravaggio a 19.05.2010 às 02:09

Eu sei Meu TSUNAMI, tu tens tão de belo como de puro e doce, minha Agripina. O Teu Calígula manda-te um Beijo Épico.

De A Joana a 19.05.2010 às 11:50

:)))

Hummm...tens por mim um carinho de filho?!!..ou de irmão...

De qualquer das forma a Agripina retribuiu o beijo épico e deseja-te um excelente dia.

De Caravaggio a 19.05.2010 às 14:53

Eu tenho carinho pelas pessoas informadas e por ti claro, só por dizer que só te referes às partes menos recomendadas de Calígula , mas no fim é do que as pessoas gostam. Consultam a Wikipédia e o Google e está tudo conhecido sobre esta personagem.


Aconselho-te se não tiveres em casa, vais até à Biclioteca de Serralves, pedes o livro, vais aos jardins ou à esplanada e lês o livro. Naquela altura quem é que não fazia o que ele fez? Eu não faço, mas que estou muito perto da fasquia do devasso, ou o meu o meu bllog não se chamasse Caravaggio. Conheces?


Um bom dia para ti e pensa sempre pelo melhor lado.

De A Joana a 19.05.2010 às 20:38

Eu sei.Assumo que não estou à altura da tua escrita,nem do teu saber. Contudo, digo-te que esse é motivo de estar "viciada"...Gosto de te ler. Faz-me querer saber mais, e pesquizar sobre algumas coisas, que de outra forma nem me passariam pela cabeça. Pesquizei no google e na wikipédia? pesquizei. Mas aceito a tua sugestão, parece-me muito mais agradável de facto.
Lamento não retribuir da mesma forma... Apenas posso corresponder com humor.

Caravaggio, apenas sei que era um pintor Barroco.
Quanto ao Caravaggio que dirige este blog, só sei que "faz" sorrisos em série.

Beijo.


 

De Caravaggio a 19.05.2010 às 23:27

Olá Boxexinha Linda. Não digas outra vez de não estares à altura, que eu também não estarei à altura de muitas coisas que tu sabes e que tu és. Sabes que aquelas duas personagens saíram como se diz, ao correr da caneta, nesta caso do teclado.


A tua prova de inteligência é o teu humor, porque se vires por ai fora quase só vez pessoas que "ANDAM COM O MUNDO ÁS COSTAS", são cinzentas e, se tu perguntas  se da varanda ou da janela de casa vêm alguma àrvore, ficam logo a pensar que o que  se  quer é ir prá cama, e não se lembram que pode haver alguém que goste de àrvores. Podiam aproveitar e, quando escovam os dentes, com a mesma escôva limparem aquela parte do cérebro que está cheia de pregos e caruncho.


Deixando-me de filosofia barata, olha, não sou mesmo nada apreciador do BARROCO, não deixando de dar o devido valor à parte artística. O Caravaggio foi sempre uma personagem, entre muitas outras, que me fascinou, que agora não vale a pena estar para aqui a espirrar.


Olha Janókita, continuas bonita? Continuas eu sei. Um Beijo sem ser Barroco, o do peixe, para ti.

De A Joana a 20.05.2010 às 02:02

Olá Caravaggio- o Fantástico! :))

Obrigada pelas tuas palavras. Não direi mais aquilo...continuarei só a pensar!:P
Quanto a comentários, continuarei  a mandar o meu "bitaite" porque de facto não ando de todo com o mundo às costas...
Mas neste post fico-me por aqui, porque parece-me que estou a monopolizar isto, e isso é coisa que não quero! :)

Uma beijoca bem "amanhada" para ti.

De Caravaggio a 20.05.2010 às 11:22

Olá Boxexinha Minha Doce de Chila. Olha, há uma coisa aqui em cima que tu dizes e eu não sei a que te referes "NÃO DIREI MAIS AQUILO...CONTINUAREI SÓ A PENSAR" não faço a mimima ideia do que seja!
 
 
Não monopolizas nada, só se realmente não quiseres e, contra isso não posso fazer nada.
Beijoca com mais compota.

De A Joana a 20.05.2010 às 11:38

:)
Olá Simpáctico incurável!

Eu explico:
Tu disseste que não querias que voltasse a dizer que não estava à altura da tua escrita. Eu respondi que não voltaria a dizê-lo, mas que contudo continuaria a pensar da mesma forma. Capiche? ;)

Bijocas recheadas para ti também
Um bom dia!

De Caravaggio a 20.05.2010 às 19:44

Primeiro, Boxexinha só agora vim aqui e é que vi o teu comentário. Não recebi aviso, não sei porquê. Capicho, mas não fico satisfeito de  continuares, sobre esse asunto, pensares da mesma forma, mas olhe assim queres, tu é que sabes.
 
 
Olha já pus o peixe a marinar e logo dou-to.  Beijóka de Cabidela.

De A Joana a 21.05.2010 às 00:27

Olás!
e como estás tu?!
Esse dia foi prazeroso!?

Cabidela!!? Image Não pode ser antes lambidela! (bricadeira!ok!?) ;)

Beijoquinha

De Caravaggio a 21.05.2010 às 00:41

Olá Linda Acordada, foi prazerzito . Fui com uma amiga minha que não está a viver cá em Portugal, a Serralves, onde vai fazer uma exposição em Outubro.
 
 
Tu por mim escolhes o que quiseres, nem é preciso mostrar-te a ementa e, como já te disse pode ser tudo menos favas e arroz docê. Lambidela também pode ser antes da cabidela senão deve saber a TPM.
 
 
É só tirar da marinada, queres mais limão com coentros?

De A Joana a 21.05.2010 às 01:14

Ahahahah! Até me engasguei agora! :)))
A lambidela pode ser assim num gelado de menta e chocolate, que é para ser fresco mas doce ao mesmo tempo!
Mas deixa estar aí a marinar mais um bocadinho, que eu gosto das coisas bem temperadas.

Quanto a Serralves, belo sítio! Já não ponho lá estes pézinhos à uns bons anos! É verdade. shame on me...Mas devia, nem que seja para ler uns bons livros, né?! ;)

Beijoca de chá verde e limão...

 

De Caravaggio a 21.05.2010 às 11:02

Não é preciso engasgares-te. Pode ser mesmo só, uma pedra de gelo.


Quanto a Serralves, faz de conta que vai lá a banda do Giroflé, tu vais ver, e já está feito.

Ontem já te dei a resposta, fiquei pendurado uma hora à espera da resposta. Quando estivermos em dialogo, agredeço que me avises, que vais mudar de rumo.

De A Joana a 21.05.2010 às 11:39

Oh meu jardim florido!:)
Mas eu ontem respondi-te logo! Onde anvas tu ah!??!
Ora vamos lá saber...

Beijoca boa e um bom dia!

De Caravaggio a 21.05.2010 às 13:48

Minha estufa de aquecimento global. Estava exactamente aqui mas, com a cabeça em diversos sítios (mas não estava a marrar).
 
 
Logo vou mandar-te muitos BEIJOS, prepara-te para isso, ou então é melhor não apareceres.
 
Minha Melra de bico amarelo, PICA-ME enquanto eu faço o ninho.

De A Joana a 21.05.2010 às 14:12

:))
 Olá encantador Caravaggio!
Olha que as minha bicadas costumam deixar marcas...estás disposto a isso?!Não te quero magoado depois...

Até logo Colibrí!




 

De Caravaggio a 21.05.2010 às 16:38

Minha Flaminga Cor-de-rosa Se essas bicadas me deixassem marcas, o meu corpo já parecia um ralo de regador, dava para chafariz, regar pimentos e apanhar camarões.
 
 
Tu quando ferras, deixas marcas na carne, dos teus caninos? Detesto tutuagens, mas das ferradelas de caninos adoro. Quando não tenho nada que fazer divirto-me a meter feijões-frade nos buraquinhos. Uma vez esqueci-me dum, num buraco mais fundo e nasceu uma freira doroteia.
Andei com doroteia durante 15 dias.
 
 
Ferra-me, ferra-me à vontade, mas olhe que uma vez, esqueceram duma placa no meu pescoço e, para meu mal tinha um dente de ouro. Vê lá tu minha Eutanásia.
 
 
Até logo Andorinha do Deserto

De A Joana a 21.05.2010 às 18:48

Looool
Isso é todo um imaginário que me fascina! :)
Mas fica tranquilo, que mesmo tendo caninos afiados, não os mostro com facilidade e quando os uso, eu dou-lhes uso com perícia...quase não deixo marcas. Para além disso, não tenho dentes de ouro nem com cáries fulminantes.

Pergunta retórica:"estufa de aquecimento global"? "Eutanásia"? ..Serei assim tão prejudicial?!

Até logo ó Simpactico!
Uma traineia daquelas para ti.

 

De Caravaggio a 21.05.2010 às 19:12

Se te fascina ainda bem, porque uma pessoa fascinada é sinal que não está cansada.
 
 
Olha, é melhor ficar sem efeito porque essas coisas fazem-se sem muitas exigências. Não,  não és pejudicial a Eutanasia nunca foi prejudicial, pelo contrário, seres estufa, isso já é outra coisa que não se revela aqui.
 
 
Para mim já não és traineira, é pequena, és um arrastão do alto mar com quebra gelos.
 
Até logo minha Ophélia.


 

De A Joana a 22.05.2010 às 00:12

:))

Está bem, meu Rei das Arábias, tu é que mandas. eu aqui não exijo nada...aliás, não exigo aqui e assim de repente, que me lembre, a verdade é que não exijo em lado nenhum. Sou uma moça recatada e grandes manias.
 Mas quanto a dar ao dente (o canino) cá estou eu.

Estufa....vai persistir a dúvida. Olha, irei dormir sobre o assunto e amanha já não é nada.

Uma noite bem sorridente...
e um fim-de-semana como mereces é o que te desejo.

Fica bem oh Sultão.

P.s-"Arrastão de alto mar com quebra gelos" é simplemente genial! Já me ri tanto sozinha à conta disso, que não imaginas!lololol
:)

De Caravaggio a 22.05.2010 às 00:30

Mas eu não quero ser aquele que só andava de camelo e só se via deserto e tinha muita sede que era com o Petter não sei quantos Otelo Saraiva de Carvalho. Já não me lembro do nome do filme, tinha a ver qualquer coisa com Arábia, devia ser Arábia Saudita.


A Estufa é simples, é das Margaridas da Morte.


Vais ver que vais gostar do arrastão a quebrar o gelo. Adoro Tamaras e são afrosidiacas.


Bom-fim-de- semana e fica bem ho Sultana só falta a Passa



 

De A Joana a 22.05.2010 às 01:05

PÁRA DE RESPONDER! senão não saímos daqui... já sabes que não resisto aos teus inigmas!Que coisa!! !!

Eu ainda hei-de descobrir onde encontrar essas Margaridas.Se bem que se são da Morte, se calhar não quero encontrar tão cedo a estufa.... Ou então não, pode ser até muito bom quiçá...

Tenho o cérebro em ponto de rebuçado.

Tamaras não me seduz...eu é mais doce de abóbora com nozes. é de me ligar às máquinas a seguir!

Beijos doces em ti

De Caravaggio a 22.05.2010 às 03:51

Minha Santola Querida, este foi o primeiro comentário que mandaste hoje à noite e, como dizias "PÁRA DE RESPONDER senão não saímos daqui " só agora 3.40H   que é para poderes resistires aos meus inigmas quando já estiveres na Nána.
 
Tu não só resistes aos meus inigmas como eu ao teu ponto de rebuçado, mas tens de pôr um pouco de hortelã fresca.. No teu doce de abóbora com nozes faltou-te o requeijão e um pouquinho de colorao/pimentão doce, lá pró sul, paprika.

 
Minha Eva Peron espero que faças muitas TRAQUINICES no fim-de-semana, mas na 2ª aparece inteira para dares as boas vindas aos novos impostos. É ASSIM MESMO.

De A Joana a 22.05.2010 às 23:06

:))

OH meu rebuçado da Régua, espero que não tenhas ficado acordado até tarde só para te certificares que dormia tranquila.
Sabes Caravaggio, uma grande traquinice é ter de ir trabalhar amanha, isso sim...
Mas há que trabalhar para compensar o guito que não iremos receber no subsídio de férias!!
Olha, haja saúdinha, sol forte no cachaço e gargalhadas fáceis, que é o que se quer.

Meu doce de ovos moles, fica bem e porta-te bem mas com malvadez.

beijoca recheda de chocolate com pimenta.

 

De Caravaggio a 22.05.2010 às 23:40

Minha Gazela, andas-me a fugir. Eu não gosto de andar aos tiros, senão acertava com um zagalote na perna de minha Gazela, só para te tratar, meu chupa-chupa de Alfeizerão . Com que então rebuçado da Régua, por acaso gosto e compro sempre e, têm uma coisa boa, é que não sabem a nada.
 
 
Não vás trabalhar amanhã, telefona para o emprego e diz que foste MAMA de gémeos.
 
Olha a minha net hoje está lentissima, não sei se é geral.
 
 
Beijos dentro de cascas de mexilhões. É só abrires, não custa nada. É tão BOOOOOMMMM 

De A Joana a 22.05.2010 às 23:49

hehehehe! Nem sabes o quanto me apetecia!
Mas a desculpa dos gémeos parece tentadora...
Eu não fujo de ti! Porque pensas isso? :)

Os rebuçados da régua são hiper doces, mas muito agradáveis. Mas de facto fico sempre a pensar no seu sabor...sem saber muito bem com o que se parece.

Ai mexilhoes! agora abriste-me o apetite, se engordo um grama que seja com este pensamento, tu estás tramado! Aliás à quantidade de doce que "ingerimos" nestes posts...

Tamaras, mexilhoes, chocolate....Já li sobre isto em algum lado. Teme-se o pior... ;)

De Caravaggio a 24.05.2010 às 05:25

Olá meu Medronho de Alfeizerão. Fugias aqui na posição do blog. Nem penses em desaparecer-me que eu matava-me por 7 dias, depois da missa fazias uma excursão ao Castelo de Almourol. È o principio de programa de viagens das viúvas, depois Palma de Maiorca e, dai para diante é sempre a abrir.
 
 
Os rebuçados de Régua para mim não são muito doces, mas eu explico. Como sabes aquelas senhoras que os vendem são impecaveis e, eu meto uns dedos de conversa com elas, dou-lhes os rebuçados para elas chuparem até perto do fim e só depois é que os levo pra comer. Aqui há uns tempos vinha uma placa agarrada a um.
 
 
Tu já pensaste bem que uma pessoa quanto mais gorda for, primeiro faz uma " BOA CAMA" depois tem muita mais superficie de prazer...ou é mentira. Olha os Gregos, olha os Romanos, olha, já mais para cá as Balzaquianas. Agora um tipo vai pra cama e sai de lá todo picado de oços, parece que andou num pinhal a apanhar caruma. è o que eu te digo minha Andaluza da Riviera Franceza.

 
 
Ainda has-de comer tamaras comigo, Ó Colorida, mesmo em cima dum camelo e tira-las directamente das àrvores. Até logo Maravilhosa

De A Joana a 24.05.2010 às 12:38

Olá doce Caravaggio - o Fantástico!

Antes de mais,eu não pretendo ficar viúva...eu sou mais do género- Carpideira. Que a troco de uns trocos, choro desalmadamente em cerimónias fúnebres de gente absolutamente desconhecida. Essa é a minha profissão e filosofia de vida. 
Quanto aos rebuçados da Régua, não divido do prazer com aquelas senhoras,de os degustar até o fim.São simpacticas é verdade, mas quando é para mandar para dentro uma quantidade suficiente de açucar, sou egoísta.

Em relação à "boa cama", isso depende que quem se deite nela...São como os gostos, não se descutem.

Para quando uma viagem pelo deserto? Ando com o pensamento em destinos de férias...As tamaras dou-tas a ti. Tu dás-me framboesas, pode ser?

:))

Beijocas refrescantes e com sabor a verão

De Caravaggio a 24.05.2010 às 14:25

Olá Minha Bela Acordada, quanto aos "gostos não se discutirem " essa para mim está muito boa! Eu gosto que discutam os meus gostos, assim como  gosto de discutir os gostos dos outros, não pelas costas, mesmo com os próprios.
 
 
Uma boa "cama" para mim, em primeiro lugar depende sempre dum bom travesseiro. Mesmo que seja só por uma noite, levo-o sempre comigo. Quanto ao resto depende do apetite. Fazer ou não fazer muitas migalhas,  isso depende da torbulência.
 
 
Ai o que não gostas das-me a mim, então sendo assim só como as framboesas se estiveres comigo em cima da mesa.

 
Beijókas  melancólicas porque estou cheio de cólicas.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D





Posts mais comentados